segunda-feira, 30 de maio de 2016

Preconceito relacional com a Pessoa com Deficiência


Ao longo dos anos eu percebo um preconceito que antes era exposto, mas, devido à luta pelos nossos direitos esse preconceito passou a ser mascarado, porém ainda existe. 

Eu namoro com uma pessoa que não tem deficiência e ela já ouviu todo tipo de absurdo, vou relatar aqui o que eu já ouvi, li e recebi de informações ao longo dos anos.
ESSES RELATOS NÃO SÃO DA MINHA VIDA PESSOAL,  COMO DISSE, É O QUE EU LI E RECEBI DE INFORMAÇÕES!!!

“Você trocou seu ex-namorado por esse aleijado? Você está maluca?”

Nessa frase não está explicado que o ex-namorado dela, que eu conhecia de vista, era envolvido com atividades ilícitas, mas, porque ele era bonito e tinha carro zero, melhor do que o sujeito atual, as pessoas achavam que ele era melhor, porque o outro era cadeirante, mas, no vocábulo retrógrado e preconceituoso, aleijado.
“E se você quiser ter filhos, esse aleijado vai poder te dar isso?”

Gente onde tem escrito que um cadeirante ou Pessoa com Deficiência, pode ou não ter filhos, eu tenho vários amigos cadeirantes que tiveram filhos com suas mulheres e fizeram exames de DNA, não por desconfiar da mulher, mas, porque seus familiares e “amigos” insistiam que o filho não era dele, total desconhecimento sobre a vida da Pessoa com Deficiência, sim, nós podemos ter filhos!

“Você tem certeza que você vai casar com esse cego? Ele já nasceu com problemas de visão, seu filho pode nascer pior que ele!”
Pessoal eu tenho vários amigos cegos que tiveram filhos, inclusive dois amigos cegos, um casal de cegos tiveram filhos e todos os filhos enxergam, gente só acontece o que é pra acontecer.

O preconceito é pior com o acúmulo de características.
“Você trocou seu ex-marido por esse velho, careca, cadeirante e feio?”

Pessoal a sociedade capitalista empurrou na cabeça de vocês que o belo, é o sarado, é a mulher magra sem barriga, o homem forte musculoso, todos lindos e perfeitos. Eu conheço centenas de pessoas que namoraram ou casaram com o modelo ou a modelo e não foram felizes, viveram de imagem e hoje lutam justamente pelo contrário, pelo amor.

"Você vai passar a vida empurrando a cadeira dele? Vai dar banho nele? E se você ficar doente, quem vai cuidar dele e de você?"

O amor não vê a idade, sexo, condição física ou mental. Quando amamos, simplesmente amamos, o amor é um sentimento que não tem preconceito. Eu sinceramente penso que as pessoas que falam isso, nunca amaram, nunca sentiram nada por ninguém realmente, namoram com uma aparência, aparência essa que o tempo muda, aparência essa que inevitavelmente irá envelhecer, felizes aqueles que conseguem tornar-se uma Pessoa Idosa.

"Você acha que esse aleijado proverá sua vida?"
Essa pergunta acima é machista pura!
Eu escrevo esse post pra você que é o “perfeito”, se é que isso existe um dia você irá envelhecer isso é um processo natural, muitas pessoas que eu conheço nasceram sem deficiência alguma, tornaram-se Pessoa com Deficiência pela guerra do tráfico, uma bala perdida, por um acidente de trânsito ou até mesmo um acidente doméstico.

Você não é perfeito, você não tem uma vida perfeita, nesse mundo só Deus e Jesus são perfeitos, todos nós somos humanos, com nossas potencialidades e deficiências, preconceito hoje é crime e você por uma frase apenas, com testemunhas, pode ser preso fichado e processado, se sua educação te impede de respeitar, respeite a lei, porque ela te coloca na cadeia por isso.

Os cegos podem ter filhos e eles podem nascer com ou sem deficiência, do mesmo jeito os surdos, cadeirantes e deficientes intelectuais, todos nós podemos ter filhos e eles podem nascer com ou sem deficiência, não podemos prever isso.

Reveja seus conceitos e pré-conceitos, saia da ignorância, do desconhecimento, a informação está aí, mas, a escolha é inevitavelmente sua.
Detalhe da foto: Eu e minha namorada.


2 comentários:

  1. É incrível a incapacidade empática das pessoas, eu ouço isso todos os dias, fora os olhares tortos por ter escolhido o amor. Minha escolha não muda, viverei esse amor até o fim da vida e com o sorriso no rosto, as implicações de namorar um pessoa com deficiência não se comparam a felicidade que permeia minha alma. Vocês podem julgar, mas ser feliz é estar acima disso.
    Eu escolhi minha vida, e todos os dias a delícia de amar me fazem ter certeza da escolha certa!

    ResponderExcluir
  2. Te amo vida! Essa é minha namorada! <3

    ResponderExcluir